Como lidar com as estrias

Mulher passando creme nas pernas

A pele com aquelas marcas incomodas atingem tanto mulheres e homens. São as velhas conhecidas estrias. Como todos sabem não existe tratamento na medicina ou estética que possa eliminar elas totalmente.

A formação das estrias ocorre quando a pele é excessivamente estirada, passando o limite da sua capacidade de distensão. Assim rompe bordas e ao cicatrizar forma linhas na pele.

Prevenir é difícil e diversos são os fatores que podem fazer surgir as estrias: crescimento na puberdade, aumento de peso, gravidez ou o uso crônico de medicamentos a base de corticosteróide, tanto tópico como via oral.

O problema, que atinge mais as mulheres, pode estar presente em qualquer parte do corpo, mas sempre atacam as áreas mais femininas, como bumbum, seios e barrigas. Para cada lugar e tipo de estria é indicado um tratamento.

É preciso ficar atento pois estrias avermelhadas são as mais recentes tendo essa coloração devido ao rompimento sanguíneo. Os tratamentos iniciados nessa fase têm melhores resultado, pois as células continuam vivas e com maior capacidade regenerativa.

Já as brancas são consideradas as mais antigas, pois a melanina (substancia que dá coloração à pele) não é mais produzida onde as fibras se rompem. Também apresentam uma diminuição acentuada da espessura da pele, formando uma depressão, tipo uma cicatriz. Os tratamentos iniciados nessa fase conseguem apenas estreitá-la.

Tratamentos e novidades

O tratamento com ácidos, peeling, é um dos mais comuns para a eliminação das estrias. Eles estimulam a formação de tecido colágeno, melhorando o aspecto das mesmas.

Há também a mesoterapia. Esse tratamento pode ser aplicado nos dois tipos de estrias. É injetada no local da estria, com finas agulhas, uma substância capaz de estimular a produção de colágeno na quantidade ideal para preencher os sulcos das estrias antigas, que, por consequência, ficam mais estreitas. Cada aplicação dura 10 minutos por estria e o tratamento leva, no mínimo, dois meses. Esse tratamento, porém, é dolorido e nem todos aceitam a recuperação.

Já o laser é um tratamento mais moderno e indicado para as avermelhadas, provocando o fechamento dos pequenos vasos. O laser promove a formação de novo colágeno, com diminuição do tamanho das estrias recentes ou antigas.

Como evitá-las

A prevenção é a melhor forma de tratamento. Uma das melhores maneiras é hidratando e nutrindo a pele ao máximo para garantir sua elasticidade e impedir a ruptura de suas camadas internas.

Evitar roupas apertadas é uma maneira de evitar estrias. A prática de exercícios físicos regularmente, evitar engordar e emagrecer repentinamente e a preferência por alimentos saudáveis são fundamentais para evitar estrias.



Tags:
,